terça-feira, 8 de março de 2011

Reconhecimento Pleno




























Parabéns as Mulheres !
Hoje, e todos os dias… sincera e justa homenagem
Meus espelhos, minhas referências e meus desejos
Meu respeito, minha delicadeza e meu afeto
Mulher mãe, mulher companheira, mulher amante...
Mulher filha, mulher profissional, mulher amiga...
Seres sábios que me completam a cada instante
Então, afirmo que não conseguiria...
ser tão feliz sem vocês !

Dia Internacional da Mulher 
8 de março



Frei Deriko Nietzsche 

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Trilhos

















No acalento do assovio do vento
Deslizo pelo choro das nuvens
Imensos momentos de intensa alegria
Renascer a cada embalo ao balançar-se
Como nadar num lago bucólico, sereno
De repente, desgrudo e decolo… 

Frei Deriko Nietzsche





sábado, 5 de fevereiro de 2011

Música



















Escutar é simples, mas bom mesmo é ouvir e sentir
A magia da música está em despertar emoções
Qualquer melodia, acorde, riff... mesmo um assovio
E isto é extremamente pessoal e circunstancial

Você ri, chora, relaxa, se encanta... por vezes canta
Da dança à contemplação, tudo é movimento
Então há vida, e seu universo de emoções e sentimentos

Navegar nessa energia é o prazer de ser música
Não importa o estilo, e sim o que mexe com você
Se te toca, é porque o coração soube ouvir
Deixe-se levar... no seu melhor tom, a felicidade

Frei Deriko Nietzsche

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

No Tom da Pele



É tudo pelo toque
Olhar, beijo e saliva
Eterno gosto de mais
Gira o mundo então

Na dimensão do querer
O tom da pele não desgruda
Sininho ou passarinho verde
Encanto


Frei Deriko Nietzsche


segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Caminhar de Mãos Dadas












a
























Nascemos para a vida e os encontros
E este encanto que é sonhar o amor
Avançar nos desejos, num ir e vir
Valiosa eternidade destes momentos

Se amamos muitos, foi para crescer
A maturidade pede mudanças
Vivências e escolhas devem direcionar
Laços afetivos profundos e de qualidade

Creia na construção de um amor crescente
Receio é medo, egoísmo, superficialidade
Dedique-se de coração, assuma com dignidade
Não se sabote, para desfrutar do melhor
Somos feitos para amar, para aprender a amar

Frei Deriko Nietzsche



Compromisso





















Respeitar suas próprias convicções
Respeitando o arbítrio alheio
Equilibrar assim seu mundo interior
Ao agir não se cale, ou queira se igualar
Ser é viver e torcer por interações 
De amor, cumplicidade e bem-estar

Frei Deriko Nietzsche

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Em Qualquer Canto



Não importa ser passageiro
Ato de desato efêmero
Da vez, pelo incerto
Arbítrios... coração ou ego?

Desvelar essência
Que olhos não negam 
Num piscar, esvai-se
No espelho deixou encanto


Frei Deriko Nietzsche

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Estar Bem

























A íntima essência de nosso ser dignifica-se cada vez mais 
ao doarmos o nosso melhor em prol do bem-estar geral,
o que sempre nos traz uma felicidade transbordante.
Amor, amizade, sexo, carinho, solidariedade... tudo, 
deixe o ego de lado e dedique-se de coração.

Frei Deriko Nietzsche


terça-feira, 12 de outubro de 2010

Crianças
























Aqueles momentos em que estamos mais felizes
Fazem-se quando voltamos a uma breve infância
Espontaneidade eloquente de muitas emoções
A cultivar desejos e felicidade sem fim

Dia após dia, devemos amar cada vez mais
Ter estes momentos na terra do nunca
Feliz dia das criancas para nós, meu filho... e sempre

Frei Deriko Nietzsche

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Alçar










Ser autêntico e verdadeiro diante de si mesmo

Desperta a real felicidade que é latente a todos
A isto chamo de liberdade, e a fórmula... sua vontade

Frei Deriko Nietzsche

Abre Alas




















É preciso cerrar para se ver...

Na penumbra do recolhimento
A coragem deve prevalecer
Pois no fundo anseia-se
A verdade do ser

Frei Deriko Nietzsche  (saindo da clausura)


quinta-feira, 10 de junho de 2010

Mão Dupla
















Paixão, diálogo, carinho, dedicação...
Ingredientes para se construir o par perfeito
Cultive a sintonia fina e bloqueie interferências
Focando no que realmente importa
Felicidade pessoal, e mútua

Frei Deriko Nietzsche



quinta-feira, 27 de maio de 2010

Néctar




















Enebriar-se rente a relva úmida
Para sorver tão tenro e perfumoso muco
Desfrutar em compassado deleite
Doses subimes de sua natureza
Que saúde!

Frei Deriko Nietzsche



quinta-feira, 20 de maio de 2010

Aplausos



























Nem sempre o sucesso chega só por se dar nome aos bois 
Vaqueiro bom é aquele que  faz acontecer 
Só ele terá intimamente prazer da conquista
isto sim é exemplo de realização

Frei Deriko Nietzche



quinta-feira, 13 de maio de 2010

Inspiração

















Muitos dizem vir do coração
Outros tantos dizem que vem da alma

Deve ser um neurônio desconhecido
Dos apaixonados, então, coleções deles
Ô vida ofegante, plena de emoções

Impossível mensurar um sopro de ar reverso
A não ser como um ímã, complacente
Essência divina perpetuada em fluidos

Quântica semântica enquanto polens caminham
Talvez a inspiração venha do alívio 
De quem acha o rumo olhando uma bússola

Fértil natureza sobre humana mente
Ufa!

Frei Deriko Nietzsche


quarta-feira, 12 de maio de 2010

Orgânica Mente Reciclável





















Aos incaltos faz-se armadilhas, a outros simples provocação
Egos, verdadeiros pregos tortos por pancadas devidas
Hábil marceneiro sabe aplainar as diversas faces
Por vezes trinca, já deteriorada pelo tempo exposto
Ao rachar a descartamos, porém, podemos tropeçar...
Recicle adequadamente, lixo é no lixo

Frei Deriko Nietzche


terça-feira, 11 de maio de 2010

In & Out



A auto-suficiência do ser, é para ser feliz
Mentalmente assim queremos nos organizar
Mas em voga prevalecem sempre as emoções
Cruel é a ingratidão, demora-se a superar
Mas ao outro a espera será eterna, em vão
Importa sim é ter o comando de si mesmo

Frei Deriko Nietzche


Mente Ficcional












Prazer persistente na mente
Na dor, mente reticente
Um demente inconsciente
Resistente de sua própria mente

A felicidade é abrangente em seu entorno
Inconsequente é o ser que se esconde
A espera de um milagre para seus anseios
Infelizmente, esquece de mudar sua mente

Frei Deriko Nietzche


Saudar ou Fraldar ?





















Tentar saldar a saudade de tempos idos
Perdeu-se o crédito para tanto jogo
Da milhar combinada deu galo na cabeça
Pior seria se desse viado, disse o porco,
que por fim curvou-se ao Tigre !

Frei Deriko Nietzche


Valor Nulo



























A própria natureza leva por água abaixo
Tudo aquilo que não mais lhe serve, e bem ao fundo
Vagamente vê-se o boiar de uma frágil máscara 
Sem dono, sem destino, um numeral à esquerda
Escafandrou-se...

Frei Deriko Nietzche


quinta-feira, 1 de abril de 2010

Instinto



















Cultivo o respeito à natureza e ao próximo
Com tantos universos pessoais, vejo catástrofes
Almejo a sabedoria de um fiel cão
Que respeita os territórios e seus limites
Pois nem mesmo a raposa há de comer
Todas as galinhas de uma só vez

Frei Deriko Nietzsche


sexta-feira, 26 de março de 2010

Ambíguo






















Nas encruzilhadas desta jornada
Duelamos com a própria consciência
Ao mediarmos forças tão antagônicas
Firmamos nossos justos contratos

Sinistro ser habitante de nossas entranhas
Estranhamente, sendo parte de nós mesmos
Mas benéfica é sua malignidade
Que nos traz um grande segredo...
... o do equilíbrio.

Frei Deriko Nietzsche




Descarte Já !























Equações ditas parabólicas
descoordenam o curto trajeto
já sabido entre dois pontos
Reza a lenda que é assim
Que o tolo homem se faz

Frei Deriko Nietzsche


terça-feira, 16 de março de 2010

A Psique do Ser (2)




















Trazemos à tona a razão das diferenças
Ao menor desconforto diante do outro
Não se iluda se num instante descobrir
Quão íntimamente constata certa semelhança

Não creia em normalidade, tampouco em dogmas
Escolha, pois a dualidade existe dentro de cada um
A sincera expressão do ser sempre trará a sua verdade
Viva, aprenda e repreenda-se, para poder crescer

Frei Deriko Nietzche


segunda-feira, 8 de março de 2010

Reconhecimento Pleno

































Sincera e justa homenagem...
Meus espelhos, minhas referências
e meus desejos.
Meu respeito, minha delicadeza
e meu afeto.
Mulher mãe, mulher companheira,
mulher profissional, mulher amiga...
Seres sábios que me completam a cada instante.
Então, afirmo que não conseguiria...
ser tão feliz sem vocês !

Frei Deriko Nietzsche



sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

A Psique do Ser (1)



























Permissividade é a arte do bem viver... ou mal
Na verdade, é no reconhecimento dos limites
Que o auto-conhecimento vem à tona
E esta sabedoria é que carrega a felicidade em si

Frei Deriko Nietzshe




quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Feitos Um Para O Outro


























Fiéis escudeiros sempre estão presentes
Dignos pela capacidade de se envolver... e embalar
Entre risos e lágrimas, à felicidade nos conduzem
É puro êxtase estar entre tão nobres amigos

Os meus, os seus... os nossos mais importantes sonhos
Por certo hão de se realizar frente a esta imensa torcida
Quero-os todos, e vocês junto a mim... sempre
A cada ano passado juntos colecionaremos conquistas

Feliz e intenso 2010 !

Frei Deriko Nietzshe



segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Lá Vem Ele


























Todo final de ano é assim, ressurge
Vem para despertar nosso lado mais pueril
Na ingênua sabedoria de se ser criança
É quando entregamos o melhor de nós

Deixar de lado o ego e abrir o coração
Aparar as arestas e aceitar as diferenças
Amar com dedicação e sinceridade
Posar de criança, novamente, e sempre
Acredite... assim seremos muito mais felizes

Ho!  Ho!  Ho!

Frei Deriko Nietzsche



Coragem















Dentro de você há luz e sombra
E inútil se fazer de vítima, assuma-se
Encare seus amores e rancores, profundamente
Estipule valores e metas para sua vida
No transcorrer dela é que devemos ser felizes

Frei Deriko Nietzsche



quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

É 10, Norteado

















Ele quer crescer, falta o ser
Menino, homem, adulto... tudo a seu tempo
A responsabilidade diante dos deveres
Tráz inclusive boas notas
De felicidade e realizações
Não perca a cabeça menino!

Frei Deriko Nietzsche



Fora do Eixo





















Uma, duas... inúmeras vezes
Por muitos dita, o que se reedita
Sem fala, ela emudeceu frente ao espelho
Haverá talvez outra dimensão por detrás?
Sua visão só a isto não distingue
Em sã consciência, é pseudo-realidade

Frei Deriko Nietzsche



sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Nossas Medidas




Dia após dia, pura reconquista
Amor, sedução, sexo... intenso
Rituais, ao longo de longas conversas
É se aprofundar em outra dimensão
Sublime!

Frei Deriko Nietzsche



Sílaba Perfeita
























Renascida, respeitada, renovada
Retratada, revelada, revirada
Ser resplandescente, revigorante
Ele o sabe, de frente... ou revés

Frei Deriko Nietzsche



terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Acontece



















Contrastes extremos desnorteiam a nossa visão
Na clareza descobrimos a inevitável obscuridade
Quando escuros se tornaram nossos sonhos ruins
Polarizando, eliminamos os reflexos indesejados
Centrados, equilibramos as cenas da vida

Frei Deriko Nietzsche



Desde Sempre


























Frutos de uma mesma divina origem
Criados que fomos para o sermos
Por nós mesmos guiados e transmutados
Cada um com seus artifícios ou rituais
Não importa, bastam-nos as próprias pernas
Se fazer, no rumo da perfeição

Frei Deriko Nietzsche


Riscos na Vida




















Solte-se para a vida na direção certa
Use a corrente térmica que é ascendente
No vacilo, acaba por ficar de rabo preso
Que paralisa, desgasta e vem ao chão

Frei Deriko Nietzsche